domingo, 30 de dezembro de 2012

Prepare-se para EXAME CRC à distância no GESCON!


Secretaria das Cidades - CE abre concurso com 44 vagas de nível superior!


Secretaria das Cidades - CE abre concurso com 44 vagas de nível superior
Começaram desde o dia 19 de dezembro as inscrições para o concurso da Secretaria das Cidades do Estado do Ceará com 44 vagas de nível superior.
Do total de vagas, 16 são para Analista de Desenvolvimento Organizacional nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Economia, Estatística, Psicologia e Tecnologia da Informação e 28 vagas são para Analista de Desenvolvimento Urbano nas áreas de Arquitetura, Engenharia Agronômica, Engenharia Civil, Geografia, Serviço Social e Sociologia.
De acordo com o edital disponível no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), a organizadora responsável, o salário inicial será de R$ 1.076,74 em jornada de 40h semanais e poderá ser acrescido da GTU (Gratificação de Desempenho de Atividade de Gestão Urbana e Territorial) de até R$ 3.500,00.
As inscrições poderão ser efetuadas no período de 20 de dezembro de 2012 a 20 de janeiro de 2013 pelo site www.funcab.org, mediante o preenchimento da ficha de inscrição e pagamento da taxa de R$ 103,80.
Os candidatos que não tiverem acesso à internet poderão se inscrever no posto de atendimento instalado na EMEIF Deputado José Dias de Macedo, localizada na rua Nunes Valente, nº. 809, Meireles, Fortaleza, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
A previsão é de que o concurso seja composto por prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, com questões sobre Língua Portuguesa, Noções de Desenvolvimento Urbano, Informática Básica, Noções de Direito Administrativo e Constitucional e Conhecimentos Específicos, além de prova discursiva e avaliação de títulos.
A confirmação das datas, locais e horários das provas será disponibilizada com antecedência mínima de cinco dias no posto de atendimento e no site da Funcab.
Este concurso terá a validade de dois anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado uma vez e por igual período.

Fonte: PCI Concursos

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Saiu edital do Ministério da Fazenda com 255 vagas para Analista de Finanças e Controle!


Boa notícia neste final de ano! Foi divulgado no Diário Oficial da União desta sexta, dia 28 de dezembro, o edital do concurso para 255 vagas de analista de finanças e controle (AFC) do Ministério da Fazenda, para lotação na Secretaria do Tesouro Nacional.

O cargo exige nível superior em qualquer área e tem ganhos iniciais de R$12.961, segundo a tabela dos servidores públicos federais. Com a inclusão dos R$304 do auxílio-alimentação, o valor passa para R$13.265. Os selecionados trabalharão em Brasília, contudo haverá aplicação de provas no Distrito Federal e nas capitais de todos os estados.

As inscrições serão recebidas via internet na página da Escola de Administração Fazendária, organizadora da seleção, a partir das 10h de 14 de janeiro de 2013, até o final do dia 28 do mesmo mês. A taxa de inscrição é de R$120. As vagas do cargo de analista estão assim distribuídas, por área de conhecimento: Contábil (30), Desenvolvimento Institucional (20), Econômico-financeira (175), Tecnologia da Informação: Governança e Gestão em Tecnologia da Informação (24), Tecnologia da Informação: Gestão em Infraestrutura de Tecnologia da Informação (seis). Em todas as especialidades, há vagas reservadas para deficientes.

O concurso será constituído de duas etapas, específicas para este processo seletivo, com provas objetivas de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, marcadas para o dia 24 de março. Além disso, haverá prova discursiva e Curso de Formação. O concurso terá validade de um ano, que pode ser prorrogada pelo mesmo período.




Fonte: Folha Dirigida

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Curso preparatório para Exame CRC 2013 começa dia 07 de janeiro!

EXAME CRC 2013.1

O Grupo de Estudos para Concursos (GESCON), está com matrículas abertas para o Curso Preparatório para Exame CRC 2013.1. A turma terá início em 07 de janeiro de 2013 com encontros às segundas e quartas à noite, no horário das 19h às 21:40h. Serão ao todo 12 encontros.
O curso será ministrado pelo Prof. Ricjardeson Dias (Contador, Professor Universitário com
experiência em cursinhos preparatórios, autor de livros da coletânea para Exame CRC).

O investimento será pago em 1 + 1 de R$ 175,00.

O programa do curso contempla as disciplinas:

1- Contabilidade Geral, 
2- Contabilidade de Custos,
3- Contabilidade Pública,
4- Auditoria Contábil,
5- Perícia Contábil,
6- Contabilidade Gerencial, e
7- Ética Profissional.

Agende o seu atendimento personalizado na Coordenação do GESCON (Grupo de Estudos para Concursos) através do fone (86) 8803-5358.

O GESCON Cursos localiza-se na Rua Arlindo Nogueira, nº 333 (Edifício Luis Fortes). Próximo à Praça do FRIPISA (Ponto de Integração dos ônibus). 

Fones para contato: 86 - 8803-5358 (OI) e 9957-9615 (TIM) - Eronildes 

Bons estudos!

Ministério Público do Acre oferece vagas para carreira administrativa!


A Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Acre, torna público que estão abertas as inscrições para o Concurso Público que visa prover 150 cargos de Analista da carreira de apoio técnico e administrativo do Ministério Público do Estado do Acre, a ser executado pela Fundação do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul - FMP.
Os candidatos deverão fazer a opção, no momento da inscrição, do local de vaga para a qual irá concorrer, devendo também efetuar na escolha do local de prova, o qual, de acordo com a Resolução Nº 022/2012 do Colégio de Procuradores de Justiça, poderá ser uma das cidades: Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Feijó.
Das Vagas:
  • Nível Superior: Analista - Administrativo - Administração (5), Controle Interno - Administração (1), Contabilidade (1), Documentação - Arquivologia (1), Comunicação Social (1), Educação - Pedagogia (1), Engenharia/ Arquitetura - Arquitetura (1), Engenharia Civil (1), Orçamento - Administração (1), Contabilidade (1), Pericial - Agronomia (1), Arquitetura (2), Biologia (1), Contabilidade (4), Economia (1), Engenharia Civil (1), Engenharia Florestal (2), Informática (2), Processual - Direito (94), Saúde - Psicologia (4), Serviço Social (8), Tecnologia da Informação - Todas da área de TI (16).
O vencimento inicial do cargo de analista do MPE, nível superior, é de R$ 3.500,00 nos termos do Anexo V da Lei Estadual nº 2.430, de 21 de julho de 2011.
Das Inscrições:
A inscrição ao Concurso será realizada exclusivamente via Internet, das 9 horas de 26 de novembro de 2012 até as 20 horas do dia 31 de janeiro de 2013 (horário de Brasília), e deverão ser efetuadas pelo endereço eletrônico www.concursosfmp.com.br.
O pagamento da taxa de inscrição terá o valor de R$ 109,00.
Da Prova Objetiva
As provas objetivas serão realizadas nos municípios de Brasiléia, Sena Madureira, Feijó, Tarauacá, Rio Branco e Cruzeiro do Sul, todos no Estado do Acre.
A prova de redação, de caráter eliminatório, será realizada no mesmo horário, dia e local em que ocorrerá a prova objetiva e versará sobre tema da atualidade.
O Concurso terá validade de 2 anos, podendo a critério da Administração, ser prorrogado por igual período.

Fonte: PCI Concursos

Previsão de concurso para Receita Federal em 2013!


O diretor secretário do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional), Kurt Theodor Krause, afirmou que um novo concurso para a Receita Federal, que deverá ocorrer em 2013, seria bem vindo. No entanto, ele criticou a possível oferta para o cargo de auditor (300 vagas), segundo teria informado ao Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal (Sindireceita) o secretário adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique de Oliveira. “Seriam necessárias pelo menos 700”, afirmou o sindicalista.

De acordo com Kurt, o quantitativo que teria sido informado mal supre as aposentadorias previstas. O presidente do Sindifisco Nacional, Pedro Delarue, informou anteriormente que um estudo indica que 40% dos auditores do país irão se aposentar nos próximos cinco anos, o que equivale a cerca de 4.800 servidores, média de 960 por ano. Segundo o Boletim Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento, atualmente, a Receita conta com 11.473 auditores em atividade. Já considerando o ingresso de mais 200 servidores na carreira por meio do concurso atual, caso se confirme a projeção do estudo, o órgão perderá mais de 40% do seu quadro em cinco anos, apenas em razão de aposentadorias. Para Kurt, do Sindifisco, além de repor as aposentadorias é necessário diminuir o déficit de pessoal que já existe na carreira.

Anúncio - Segundo divulgou o Sindireceita, em reunião realizada no último dia 27, o secretário adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique de Oliveira, informou que há previsão de abertura de um novo concurso da Receita no ano que vem, com oferta de 1.050 vagas. Além das 300 de auditor, a seleção seria para 750 vagas de analista-tributário. O Ministério da Fazenda ainda não confirmou as informações.

A reunião da qual participou Dyogo Henrique de Oliveira também contou com a presença do secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, segundo o sindicato dos analistas. Procurada pela FOLHA DIRIGIDA, a Receita informou apenas que o assunto está sendo tratado em âmbito ministerial. Durante a apresentação da projeto da lei orçamentária para 2013, em agosto deste ano, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que há previsão de concurso para 2.700 vagas no Ministério da Fazenda no próximo ano, sem, no entanto, informar para quais cargos. Desde junho deste ano, tramita no Planejamento um pedido de concurso para a pasta da Fazenda. Na solicitação, pode estar incluída a demanda da Receita Federal, como aconteceu no caso da seleção aberta este ano.

O resultado final da seleção atual para auditor-fiscal e analista-tributário está previsto para o dia 27 do mês que vem e será válido por seis meses, prazo que poderá ser prorrogado pelo mesmo período. Ambos os cargos têm como requisito o ensino superior completo em qualquer área. Já a remuneração inicial (incluindo auxílio-alimentação, de R$304) é de R$8.300,07 para analista e de R$13.904 para auditor.

Conselho Federal de Contabilidade confirma data do 1º Exame de Suficiência 2013 para o dia 24 de março!


O 1º Exame de Suficiência de 2013 já está com data marcada para o dia 24 de março, conforme publicação no Diário Oficial da União do último dia 21, Seção 3, página 240. De acordo com o extrato do Edital de abertura de inscrições e estabelecimentos de normas para a realização do exame, as provas serão aplicadas das 8h30min às 12h30min – horário oficial de Brasília (DF).
O período de inscrições para a categoria Bacharel em Ciências Contábeis e Técnico em Contabilidade será do dia 3 ao dia 31 de janeiro. O período de solicitação de isenção da taxa, cujo valor é de R$ 100,00, ocorrerá do dia 1º ao dia 7 de janeiro de 2013.
Organizado pela Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), os exames ocorrem duas vezes ao ano e a previsão para a próxima edição será no dia 29 de setembro de 2013.
Fonte: http://www.crcpi.org.br

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

BNDES abre seleção pública para cargos de níveis médio e superior


Seleção Pública - EDITAL Nº. 1, de 17 de Dezembro de 2012
Profissionais de níveis médio e superior que estão em busca de uma oportunidade de trabalho poderão se inscrever e participar da seleção pública do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com o edital de abertura publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 18, será formado cadastro reserva de funcionários que serão convocados, conforme necessidade e conveniência do BNDES e de acordo com a classificação obtida.
As oportunidades são para Profissional Básico com formação superior nas áreas de Administração, Análise de Sistemas - Desenvolvimento, Análise de Sistemas - Suporte, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Contabilidade, Direito, Economia, Engenharia e Psicologia. Para esses cargos a remuneração mensal será de R$ 9.182,01 em jornada de 35h semanais para desenvolver tarefas de natureza técnico-administrativas, relacionadas ao negócio da Instituição, dando suporte às atividades da Unidade, elaborando relatórios e outras demandas, com pareceres conclusivos.
Também será selecionado Técnico Administrativo, cargo que exige o ensino médio e que oferece o salário de R$ 2.925,39 em regime de 35h semanais para executar atividades técnicas e administrativas afetas à sua área de atuação, auxiliando nos trabalhos relacionados a estudos e execução de projetos, rotinas administrativas, bem como atividades especializadas que exigem conhecimento técnico e/ou administrativo.
Segundo a organizadora responsável, a Fundação Cesgranrio, os admitidos terão direito à assistência médica, hospitalar e dentária, extensivas aos dependentes, Programa de Assistência Educacional (auxílio acompanhante, creche e ensinos fundamental e médio) e previdência complementar através da Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES.
INSCRIÇÕES
As inscrições ficarão abertas entre os dias 3 e 27 de janeiro de 2013 e poderão ser efetuadas por meio do site www.cesgranrio.org.br. A taxa será de R$ 64,00 para concorrer aos cargos de nível superior e de R$ 35,00 para médio.
SELEÇÃO PÚBLICA
A previsão é de que o Profissional Básico (formações de Administração, Análise de Sistemas - Desenvolvimento, Análise de Sistemas - Suporte, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Contabilidade, Direito, Economia, Engenharia e Psicologia) será selecionado por meio de provas objetivas com questões sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Língua Estrangeira) e Conhecimentos Específicos, além de prova discursiva.
Já o Técnico Administrativo deverá ser avaliado por meio de provas objetivas com questões de Língua Portuguesa, Matemática, Língua Estrangeira, Conhecimentos Específicos sobre o BNDES e Conhecimentos Gerais, além de prova de redação.
Estas avaliações deverão ocorrer no dia 3 de março de 2013, nas cidades de Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA e São Paulo/SP.
O prazo de validade desta seleção pública será de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período, contado a partir da data de publicação de sua homologação no Diário Oficial da União.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

TCE-RN vai realizar primeiro concurso do órgão


O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte realizará, pela primeira vez em 51 anos de história, concurso para o cargo de auditor (substituto de conselheiro), com exigência de nível superior. De acordo com a assessoria de comunicação do orgão, já foi formada uma Comissão de Estudos Prévios que ficará responsável pelo levantamento dos pré-requisitos para dar início ao concurso.
A comissão, que é chefiada pelo procurador do Ministério Público Especial, Othon Moreno de Medeiros Alves será encarregada de avaliar as necessidades do orgão, com a observação de critérios como números de vagas, cadastro de reserva, entre outros. O salário atual para o cargo é de R$22.911,74.
Além do presidente, a comissão é composta pelo auditor Cláudio José Freire Emerenciano e a assessora jurídica Tália Maia Lopes. Com a conclusão dos estudos, que segundo a assessoria do tribunal deve acontecer até esta segunda-feira (17), será formada uma nova comissão que ficará responsável pelas últimas definições do concurso, como a contratação de organizadora e a finalização do edital.
O cargo de auditor do tribunal de contas têm, entre outras funções, a de substituir os conselheiros em casos de vacância, ausências, impedimentos, licenças ou outros afastamentos legais dos respectivos titulares. Neste caso, os auditores evitam que as imprescindíveis competências das cortes de contas sejam prejudicadas ou, até, sofram solução de continuidade, devido à impossibilidade de atuação do conselheiro titular.
 
Outros concursos podem servir como base
 
Apesar de ser o primeiro concurso para o cargo de auditor do TCE-RN, aqueles que desejam se preparar com antecedência, já podem iniciar os estudos através de editais de concursos de outros tribunais estaduais.
Os interessados podem se basear, por exemplo, no edital do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, divulgado em novembro, cujo os requisitos são: curso superior em Ciências Jurídicas e Sociais, Ciências Contábeis e Atuariais, Ciências Econômicas ou Ciências da Administração. A organizadora é a Fundação Carlos Chagas (FCC).
As avaliações, previstas para o ínicio de fevereiro, ocorrerão em quatro etapas. Primeiro, será aplicada uma prova objetiva, com 100 questões sobre Direito (Constitucional, Administrativo, Financeiro, Tributário, Penal, Civil, Teoria Geral do Processo e Legislação Especial Atualizada,Controle Externo), Contabilidade (Geral e Normal de auditoria governamental), Administração e Economia/ Setor Público.
A segunda fase será composta por uma prova escrita com dez questões discursivas sobre Direito, Contabilidade, Administração e Economia e uma decisão de caso prático sobre uma ou mais disciplinas do programa. Os aprovados ainda realizarão uma prova oral versando sobre qualquer disciplina do programa e, por último, serão submetidos a avaliação de títulos.

sábado, 15 de dezembro de 2012

TRF-SP/MS: Verba aprovada. Presidente anuncia inscrições para janeiro


A publicação do edital do concurso para técnicos e analistas do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3ª), que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, está cada vez mais próxima. Acontece que o último empecilho para a realização do concurso, a aprovação do Projeto de Lei (PLN 17/2012) no Congresso Nacional, que prevê a liberação de R$8,3 milhões em créditos adicionais, necessários para a realização do concurso, ocorreu na última quarta-feira, dia 12. A liberação dos recursos será concretizada assim que publicado um decreto da presidência, sancionando a liberação, nos próximos dias. "Fiz um enorme esforço percorrendo os corredores do Congresso Nacional, conversando com deputados e senadores. Nós já obtivemos a certeza de que o crédito entrará e poderemos realizar o concurso" afirmou o presidente do órgão, desembargador Newton de Lucca, em evento realizado no último dia 7, na Procuradoria Regional da República da 3ª Região. De acordo com ele, a expectativa é de que o edital seja publicado ainda em dezembro. "Eu acredito que ainda em dezembro conseguiremos publicar o edital. Desta forma, as inscrições devem ocorrer a partir de janeiro", ressaltou.
Para concorrer a técnico é necessário possuir ensino médio e para analistas, nível superior. Os salários iniciais são de R$4.623 e R$7.181,52, respectivamente. Como  benefícios, o Tribunal oferece vale-transporte, reembolso parcial de creche, participação na assistência médico-hospitalar (inclusive para dependentes) e adicional de qualificação.
De acordo com informações obtidas junto aos responsáveis pelo departamento de seleção do TRF, o edital está sendo finalizado, mas a oferta de vagas somente será definida no fechamento, pois englobará todas  disponíveis nas varas da 3ª Região. O número de contratações, porém, pode ser maior do que a oferta inicial, visando suprir eventuais afastamentos e aposentadorias, além de preencher vagas em novas varas, previstas para ser inauguradas nos próximos anos. Para o próximo concurso algumas alterações já estão confirmadas em relação ao anterior, em termos de conteúdo programático. Desta forma, a previsão é de que sejam incluídas mais disciplinas de Direito para técnico judiciário na área administrativa e a exclusão da prova prática de informática para técnicos da área administrativa e analistas na área judiciária. A expectativa é de que a organizadora seja a Fundação Carlos Chagas, responsável pelo concurso anterior, realizado em 2007. Na ocasião foram registrados 95.299 inscritos, para uma oferta de 191 vagas. Durante o prazo de validade, encerrado em abril, foram nomeados 356 servidores, o que supera em muito a oferta inicial.
No concurso de 2007, para os técnicos na área administrativa  a prova objetiva contou com 50 questões, sendo 25 de Conhecimentos Gerais, com peso dois, e 25 de Conhecimentos Específicos, com peso um, além de redação. Em Conhecimentos Gerais foram abordados temas sobre Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico. Em Conhecimentos Específicos, noções de Direito Administrativo, noções de Direito Constitucional e Direito Penal.
Para os analistas na área judiciária foram 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais, com peso um, e 30 de Conhecimentos Específicos, com peso dois, além de duas questões discursivas. Em Conhecimentos Gerais, as questões versaram sobre Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Direito Penal, noções de Direito Administrativo e noções de Direito Constitucional. Em Conhecimentos Específicos, Direitos Civil, Processual Civil, Penal, Processual Penal, Administrativo, Constitucional, Previdenciário e Tributário.
Além dos cargos já confirmados  de técnico na área administrativa (com exigência de ensino médio) e analista na área judiciária (para quem possui nível superior em Direito), o concurso deverá contar com vagas para diversas outras áreas de atuação em ambos os cargos, que serão definidas nos próximos dias. Neste caso, além da escolaridade, outras exigências específicas deverão ser cobradas.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

TJ AM: Edital com 233 vagas em dezembro!



Está confirmada para dezembro a abertura de edital para o aguardado concurso do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). Serão oferecidas 233 vagas, sendo 170 para candidatos de nível médio e 68 para nível superior. Os cargos de nível médio são de técnico e assistente judiciários, o salário será de R$3.281,13. Já para os cargos de nível superior as vagas serão para analista e oficial judiciários, o vencimento será de R$6.390,83.
As inscrições deverão ser realizadas em janeiro e as provas no mês de março. O organizador da seleção do TJ AM será o Instituto Superior de Administração e Economia     (Isae). A taxa de inscrição será de R$65 (médio) e R$85 (superior).
O presidente da comissão do concurso, desembargador Aristóteles Thury, afirmou que a o concurso do TJ-AM tem por objetivo colaborar na agilidade no atendimento do tribunal à população. Os interessados em participar da seleção devem iniciar sua preparação o quanto antes.
O último concurso do TJ-AM ocorreu em 2005. Na época, foram ofertadas 358 vagas para diversos níveis de escolaridade. Para o cargo de assistente judiciário, de nível médio, foram cobradas as disciplinas de Língua Portuguesa, Legislação relacionada ao estado do Amazonas e ao TJ-AM, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo e Conhecimentos Específicos. A avaliação foi composta por 50 questões no total, equivalendo a 130 pontos. Para o candidato ser aprovado, era necessário alcançar no mínimo 65 pontos do total previsto na avaliação, e acertar no mínimo 50% em cada disciplina da prova. Atualmente, o órgão está realizando uma seleção para a 2ª Sub-região onde oferece vagas para a função de assistente judiciário.
Fonte: Até Passar!.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Ministério Público do Mato Grosso do Sul abre 127 vagas para Analista e Técnico.


O Presidente da Comissão do V Concurso Público de Provas para Ingresso na Carreira do Quadro dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, torna público que estão abertas as inscrições para provimento de cargos do Quadro dos Servidores do Ministério Público do Estado.
O concurso público destina-se ao provimento de 127 cargos do Quadro dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, nos cargos de Analista, Técnico e Auxiliar.
A inscrição deverá ser efetuada via internet endereço eletrônico www.fgv.br, solicitada no período entre 0h00do dia 03 de Dezembro de 2012 e 23h59 do dia 07 de Janeiro de 2012, observado o horário oficial de Campo Grande/MS.
O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 08 de janeiro de 2012.
Das vagas:
  • Analista (nível superior): Administração (1); Arquitetura (1); Biologia (1); Contabilidade (1); Direito (7); Economia (1); Engenharia Agrônoma (1); Engenharia Ambiental (1); Engenharia Civil (2); Engenharia da Computação (1); Engenharia Elétrica (1); Engenharia Florestal (1); Engenharia Sanitária (1); Geologia (1); Informática (1); Informática/ Análise de Sistemas (2); Informática/ Banco de Dados (1); Informática/ Desenvolvimento de Sistemas (1); Informática/Suporte de Redes (1); Psicologia (1); Serviço Social (3).
  • Técnico I (Nível Médio e Médio Técnico): Administrativa (36), Contabilidade (1); Informática (3).
  • Técnico II (Nível Médio): Administrativa (41).
  • Auxiliar (Nível Fundamental): Motorista (11).
Das Provas:
Será aplicada prova objetiva para todos os cargos/áreas de atividade, de caráter eliminatório e classificatório. As questões serão do tipo múltipla escolha, com 5 alternativas e uma única resposta correta. Para o cargo de Analista/Direito será aplicada uma prova discursiva.
Haverá uma segunda fase para os cargos de técnico I (exceto área de informática), Técnico II e Auxiliar.
A prova objetiva será realizada nas cidades de Campo Grande, Dourados, Coxim, Corumbá e Três Lagoas, no Estado de Mato Grosso do Sul, e será aplicada na data provável de 03 de Fevereiro de 2013.
Os locais e os horários de realização da prova objetiva e da prova discursiva serão publicados no Diário Oficial do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul e divulgados na Internet, no endereço eletrônico www.fgv.br, na data provável de 28 de Janeiro de 2013.
O prazo de validade do concurso é de 2 anos, contado a partir da data de publicação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Fonte: PCI Concursos

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

SEFAZ-MA: confirmado concurso no início de 2013!




O secretário de Estado da Gestão e Previdência, Fábio Gondim, ressaltou em entrevista que, há 20 anos, o Maranhão não realizava um concurso público de grande dimensão. “Foram realizados concursos pontuais para o provimento de algumas carreiras. O último foi 2009 e foi exclusivamente para o cargo de Professor. Para a área de segurança o último concurso foi realizado em 2006 com um total de 1.360 vagas. Hoje, estamos ofertando 2.379 vagas somente para a área da segurança publica”, contabilizou.
Gondim ressaltou ainda necessidade urgente da realização dos concursos públicos para a renovação do quadro de pessoal e a oxigenação da máquina pública estadual. Segundo estudos realizados pela Segep, dos 60 mil servidores na ativa, 20 mil já estão aptos a se aposentar, preenchendo todos os requisitos (idade e tempo de serviço).
Por isso, de acordo com o secretário Fábio Gondim, o Plano de Carreiras e Cargos dos Servidores da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual (PGCE) destinou recursos da ordem de R$ 180 milhões para a realização de concurso público geral no Estado para o preenchimento de cerca de cinco mil vagas em áreas como segurança pública, saúde, fazenda, gestão e previdência, planejamento e orçamento e Departamento Estadual de Trânsito.
Outros concursos públicos estão previstos. Segundo a Segep no início de 2013 serão Lançados os Editais de Concurso para Procurador do Estado (10 vagas no total) e para cargos dos Grupos Estratégicos e da Administração Geral (765 vagas), somando 3.444 vagas, incluindo as da Segurança Pública.

Fonte: SECOM-MA

SEFAZ-PARÁ: confirmado concurso para Auditor e Fiscal de Receitas com salários iniciais de R$ 15 mil.


 
O secretário da Fazenda, José Tostes Neto, confirmou nesta quarta-feira, 21, que haverá concurso público em 2013 para auditor e fiscal de receitas do Estado, os dois cargos de carreira da administração tributária conforme normatiza a Lei Orgânica do Fisco (Loat). A decisão foi oficializada por Tostes durante reunião com as diretorias do Sindicato dos Servidores do Fisco Estadual do Pará (Sindifisco-PA) e da Associação dos Servidores do Fisco Estadual do Pará (Asfepa).

Segundo o presidente da Asfepa, Antônio Catete, as deliberações da reunião com ampla pauta serão encaminhadas pelo secretário ao governador Simão Jatene. Além de Tostes e Catete, participaram desse encontro o subsecretário da Administração Tributária, Nilo Noronha; o consultor jurídico da Sefa, José Nava; e os diretores do Sindifisco Raimund Pegado (Administrativo-financeiro) e Márcia Couto (Jurídico).
A realização de concurso público foi uma das principais bandeiras em 2012 do Sindifisc e da Asfepa, que advogam o fim do desvio de função pública no Fisco estadual. A meta de afastar os servidores sem habilitação à função e suprir as Carreiras da Administração Tributária (CAT) com concursados é também uma exigência do Ministério Público, que abriu um procedimento administrativo contra a usurpação de cargos públicos, a partir de representação protocolada em 2009 pelo sindicato.

Fonte: http://www.sindifisco-pa.org.br

MPU: Edital em breve para 2º e 3º graus

Quem busca um emprego com estabilidade e boa remuneração na esfera federal deve ficar atento, pois já está em pauta a realização de concurso para a área de apoio do Ministério Público da União (MPU). Dada a carência dos quadros do órgão, a perspectiva é que o edital seja divulgado em breve, possivelmente até o começo de 2013, com oportunidades em todo o país. Conforme já foi anunciado pelo procurador-geral do Ministério Público do Trabalho (MPT) - instituição vinculada ao MPU -, Luís Antônio Camargo, o concurso vai contemplar os cargos de técnico (níveis médio e médio/técnico) e analista (superior). As remunerações atuais são de R$4.694,09 e R$7.252,52, respectivamente, já incluído o auxílio-alimentação de R$710, além de benefícios específicos. As contratações ocorrerão pelo regime estatutário.

De acordo com Luís Antônio Camargo, o órgão espera que o orçamento de 2013, em debate no Congresso Nacional, seja aprovado, para que os preparativos do concurso sejam contemplados. Ainda não é possível garantir o número de vagas, mas o MPU espera nomear 2.200 servidores, já que este é o quantitativo que consta no orçamento. A expectativa é de que a grande maioria das especialidades da seleção anterior, realizada em 2010, seja também contemplada neste novo certame.

No último mês de setembro, o procurador-geral do trabalho havia dito que o objetivo era divulgar o edital ainda em 2012. Porém, é possível que o documento saia no início do próximo ano, já que a organizadora do concurso ainda não foi escolhida.

Um dos impedimentos para a abertura do novo concurso foi superado depois que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) julgou improcedente, por meio de acórdão publicado nas edições do Diário Oficial da União dos últimos dias 26 e 27 de novembro, a ação que pedia a prorrogação do prazo de validade da seleção de 2010 e que obrigava o MPU a chamar todos os demais aprovados da reserva. A seleção passada, organizada pelo Cespe/UnB, ofereceu 594 vagas, mas segundo o MPU houve mais de 3 mil nomeações.

Dicas - Para ajudar a preparação dos interessados, FOLHA DIRIGIDA ouviu a coordenadora pedagógica da Degrau Cultural, Rosangela Cardoso. Na opinião da especialista, neste tipo de seleção é preciso antecipar os estudos, já que o programa costuma ser muito extenso. “Quem pretende participar do próximo concurso para o MPU não pode perder tempo, pois são muitas matérias para estudar. A disputa deverá ser grande, tendo em vista que na última seleção foram mais de 700 mil inscritos. Quanto mais cedo iniciar, mais chances de se conseguir um bom aproveitamento o candidato terá. Esperar o edital para iniciar os estudos é um erro”, disse.

Rosangela Cardoso acha que os interessados podem começar pelo conteúdo da seleção passada. “Não creio que haverá muitas alterações. Tenho certeza que pelo menos 85% do conteúdo anterior deverá ser mantido, sabendo a importância de avaliar se houve ou não alguma atualização no que se refere às disciplinas ligadas ao Direito. Além disso, é bom resolver as provas passadas, independente da organizadora desta nova seleção”, ensinou.

Fonte: Folha Dirigida

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Ministério Público do Estado do Acre: Ministério abre inscrições para 200 vagas. R$3.500 mensais


O Ministério Público do Acre (MP-AC) abre nesta segunda-feira, dia 26 de novembro, o prazo para inscrição no concurso que oferece 200 vagas, sendo 150 imediatas e 50 para formação de cadastro, em cargos de nível superior. A remuneração é de R$3.500. 

As vagas são para os cargos de analista nas áreas de administrativo (administração), controle interno (administração e contabilidade), documentação (arquivologia e comunicação social), educação (pedagogia), engenharia/arquitetura (arquitetura e engenharia civil), orçamento (administração e contabilidade), pericial (biologia, contabilidade, economia, engenharia florestal, engenharia civil, agronomia, arquitetura e informática), processual (direito), saúde (serviço social e psicologia) e tecnologia da informação (todas da área de TI).
As oportunidades são para Rio Branco, Senador Guiomard, Bujari, Acrelândia, Plácido de Castro, Xapuri, Brasiléia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de janeiro no site da FMP Concurso, organizadora da seleção. A taxa é de R$109. Aqueles que desejarem solicitar  isenção total ou parcial da taxa deverão fazer a solicitação entre os dias 26 de novembro e 18 de janeiro.

Para isso será necessário apresentar o requerimento de isenção preenchido, junto com: Certidão Negativa expedida pela Secretaria de Estado de Gestão Administrativa - SGA, dando conta de que o candidato não possui vínculo empregatício com o Governo do Estado do Acre; Certidão Negativa expedida pela Secretaria Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Rio Branco ou do Município no qual resida, dando conta de que o candidato não possui vínculo empregatício municipal; Declaração firmada sob as penalidades da lei, dando conta de que não exerce atividade laborativa informal, cujo rendimento líquido ultrapasse o montante de um salário mínimo vigente; e fotocópia simples do documento de Identidade e CPF.

A documentação deverá ser entregue na sede da Comissão de Concurso Público, no Edifício da Administração Superior do Ministério Público, na Travessa Campo do Rio Branco, 412, Capoeira, das 8 às 15 horas. O resultado da isenção será divulgado no dia 24 de janeiro. 

As provas objetivas serão aplicadas em Brasiléia, Sena Madureira, Feijó, Tarauacá, Rio Branco e Cruzeiro do Sul, todos no Estado do Acre. Ainda haverá prova de redação. A data ainda será divulgada. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte: Folha 

sábado, 24 de novembro de 2012

Tribunal de Contas do Estado do Piauí planeja concurso para Auditor!


O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Kennedy Barros, afirmou que na última semana 14 prefeituras tiveram suas contas bloqueadas por conta de impedimentos na transição dos gestores. Ele afirma que qualquer problema semelhante deve ser comunicado ao Tribunal que irá tomar as medidas cabíveis.

Evelin Santos/CidadeVerde.com

Barros diz que alguns prefeitos deixam inclusive de pagar os servidores públicos por questões de mau planejamento ou propositalmente a fim de endividar a prefeitura e criar obstáculos para o gestor que irá tomar posse. “O que o Tribunal quer é atender a legislação e os interesses da população. Não é razoável o prefeito perder e deixar de pagar”, pontua.


Segundo o presidente do Tribunal, o bloqueio das contas impossibilita a movimentação de contas e os recursos ficam no caixa. “O prefeito pode pedir o desbloqueio para pagar os servidores, merenda escolar, os remédios para a saúde. A medida visa tão somente dar regularidade à gestão. Ele pode pedir a liberação ao TCE que após análise pode conceder a liberação parcial”, pontua.


O gestor que não estiver cumprindo com seus deveres pode ser punido administrativamente com a reprovação de contas e posterior inelegibilidade. O caso será encaminhado ao Ministério Público que, conforme a gravidade, pode pedir até mesmo a prisão do prefeito.

Avanços
No ano que vem, Kennedy Barros irá deixar a presidência do TCE para ceder o cargo à conselheira Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga. Ele diz que está satisfeito pelo seu trabalho à frente do Tribunal que, segundo ele, obteve grandes avanços. “Tivemos resultados indiscutíveis, como o Portal da Transparência. Estamos concluindo o anexo 2 do nosso prédio, inauguramos o Memorial, concedemos aumento para os servidores e deixarei encaminhado o concurso para servidores”, pontua. 

O certame será realizado pela Fundação Getúlio Vargas e deve disponibilizar 14 vagas. O edital sairá nos próximos dias, de acordo com Kennedy Barros. 


Carlos Lustosa Filho
redacao@cidadeverde.com

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Os salários iniciais chegam a R$10.323,20. Haverá vagas para nível médio e superior.


Seguem os preparativos para o aguardado concurso público da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). De acordo com o Ministério do Planejamento, a comissão do concurso da ANTT tem o prazo de um mês para publicar o edital. Ainda estão sendo definidas a distribuição das vagas pelos estados, a taxa de inscrição, a organizadora e o cronograma da seleção. 
A seleção da Agência Nacional de Transportes Terrestres contará com vagas para cargos de nível médio e superior.
O concurso público para a ANTT deverá oferecer 161 vagas, sendo 99 para cargos de nível médio e 62 para nível superior. Das vagas para candidatos de nível médio, 80 serão para o cargo técnico em regulação de serviços de transportes terrestres e 19 técnico administrativo. Já para candidatos de nível superior haverá 38 vagas para especialista em regulação de serviços de transportes terrestres e 24 para analista administrativo.
Os salários iniciais serão de R$5.288,98 para técnico em regulação, R$5.064,18 para técnico administrativo, R$9.567,20 para analista administrativo e de R$10.323,20 para o cargo de especialista em regulação, Com ótimas remunerações o concurso da ANTT é uma grande oportunidade para quem almeja alcançar estabilidade financeira e profissional.
O último certame da ANTT ocorreu em 2008. Na época, foram ofertadas 355 vagas para cargos de nível médio e superior. Houve mais de 27 mil candidatos inscritos, a organizadora da seleção foi o Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal – RJ (NCE-UFRJ). Na ocasião, todos os candidatos passaram por uma avaliação objetiva, além de redação, exame discursivo, avaliação de títulos e curso de formação, de acordo com o cargo.
Na seleção de 2008, foram destinadas vagas para os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba, Piauí, Maranhão, Tocantins, Ceará, Bahia, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, e Distrito Federal.
Fonte: Até Passar!

Analista de finanças e controle: 255 vagas


O Ministério do Planejamento, por meio da Portaria nº 552, publicada no Diário Oficial da União desta quarta, 21 de novembro, autorizou a realização de concurso para 255 vagas de analista de finanças e controle do quadro de pessoal do Ministério da Fazenda. O cargo exige nível superior em qualquer área. De acordo com a portaria, o prazo para a publicação do edital é de até seis meses, ou seja, até maio de 2013.
 
O último concurso para analista de finanças e controle da Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda, aconteceu em 2008, com oferta de 80 vagas (lotação em Brasília/DF) e remuneração inicial de R$10.905,76. Os candidatos passaram por provas objetivas e discursivas, avaliação de títulos e curso de formação. A organizadora foi a Esaf. 
 
Fonte: Folha Dirigida

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Pedido de concurso avança no Planejamento


Depois de ficar sob análise do Departamento de Planejamento das Estruturas e da Força de Trabalho do Ministério do Planejamento desde junho, o pedido de recomposição do quadro permanente de pessoal do Instituto Nacional do Seguro Social, entre 2012 a 2015, foi analisado por diversos setores do órgão nos últimos dias 20 e 21.
 A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, já informou que a proposta orçamentária para 2013 prevê a contratação de 2.300 novos servidores para o INSS. Um montante dessas vagas deve ser para o cargo de analista do seguro social, que exige o nível superior. O INSS busca a realização de um novo concurso para a carreira desde 2009.
 
A remuneração para os analistas é de R$5.842, sendo R$742,02 de salário base, R$1.187,23 de Gratificação de Atividade Executiva, R$3.608,80 de Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social e R$304 de auxílio-alimentação.
 
A outra parte das vagas previstas para o próximo ano deve ser dos excedentes do concurso de técnico do seguro social e perito médico, realizado em 2011. Também nos últimos dias 20 e 21, a solicitação do INSS para a contratação de 50% a mais aprovados do que o quantitativo inicial de vagas, conforme permite do Decreto nº 6.944/2010, voltou a ser analisada pelo Ministério do Planejamento. Com ela, aproximadamente mil novos servidores poderão vir a ser empossados. 

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Autorizado concurso para Ministério da Fazenda: 255 vagas para Analista de Finanças e Controle!


O Ministério do Planejamento, por meio da Portaria nº 552, publicada no Diário Oficial da União desta quarta, 21 de novembro, autorizou a realização de concurso para 255 vagas de analista de finanças e controle do quadro de pessoal do Ministério da Fazenda. O cargo exige nível superior em qualquer área. De acordo com a portaria, o prazo para a publicação do edital é de até seis meses, ou seja, até maio de 2013.
 
O último concurso para analista de finanças e controle da Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda, aconteceu em 2008, com oferta de 80 vagas (lotação em Brasília/DF) e remuneração inicial de R$10.905,76. Os candidatos passaram por provas objetivas e discursivas, avaliação de títulos e curso de formação. A organizadora foi a Esaf. 
 
Fonte: Folha Dirigida

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Conselho Nacional de Justiça abre mais de 170 vagas para nível médio e superior!


Com a responsabilidade técnico-administrativa do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), foi lançado nesta segunda-feira, 19, no Diário Oficial da União, o edital de abertura do concurso público 001/2012 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
O certame será voltado ao provimento imediato de 177 postos de trabalho para os cargos de Analista e Técnico Judiciário, sendo que deste total, 11 oportunidades serão para pessoas com deficiência.
Segundo consta, as vagas serão distribuídas entre as funções de Analista Judiciário nas áreas Judiciária, Administrativa, Administrativa - Contabilidade, Administrativa - Pedagogia, Apoio Especializado - Análises de Sistemas, Apoio Especializado - Arquitetura, Apoio Especializado - Arquivologia, Apoio Especializado - Biblioteconomia, Apoio Especializado - Engenharia Civil, Apoio Especializado - Estatística, Apoio Especializado - Psicologia e de Apoio Especializado - Sociologia e de Técnico Judiciário nas áreas Administrativa e de Apoio Especializado - Programação de Sistemas.
A remuneração de Analista será de R$ 6.611,39 e de Técnico, de R$ 4.052,96.
Os interessados poderão participar por meio do preenchimento de formulário que será disponibilizado de 7 de dezembro de 2012 a 4 de janeiro de 2013 pelo endereço eletrônicowww.cespe.unb.br, sob taxas de R$ 60,00 e R$ 100,00, conforme a escolaridade.
De acordo com a organizadora, os participantes farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, sendo que a primeira será dividida em duas etapas - uma com 50 questões e a outra com 70. Haverá, ainda, prova discursiva, também de caráter eliminatório e classificatório, composta por uma questão (apenas nível superior) e uma dissertação. As avaliações acontecerão na data provável de 17 de fevereiro de 2013, com data e local a serem informadas a partir do dia 7 do mesmo mês.